52 Weeks: deciphering your inner code – week 1

visit ??? ????? ???????

http://web-lancer.com/webarticles/images/podosyt.html ???? ?????? ??? ????????

http://rfcmobile.org/sermons/cache/294-so-spielen-sie-kasino-uyirvani/ So spielen Sie Kasino uyirvani

????? ?????? ??????

http://webundanceinc.com/wp-includes/js/sexoloni.html ???? ?????? ???????

What it is

http://barat.kg/lboyp7j/par/hite.html ?????? ?? ????? ?????? ?????

Where it comes from

Casino slots games es krim

Where it is

http://miu-ev.eu/wp-includes/theme-compat/kodydyciru.html ?????? ?? ?????????

Why it was chosen

because of its colours green and yellow (very Brazilian) as we were leaving Brazil and wanted to bring a piece of our mother land along :)

What else?

Adelaide is so special that she travelled from Rio to Bloomington inside Mauricio’s (my hubby) backpack. We couldn’t dispatch her as a regular piece of good – for God’s sake, we even gave her and her little boy names! :)

  • Gi

    Oi Érica, achei a ideia genial! Estou até pensando em entrar nessa também, lá no meu blog. Estive lendo os posts das 52 semanas do fim ao início e estou comentando nesse pois é o que achei mais fofo. A Adelaide se parece com uma escultura em tamanho real que vi em Brasília, anos atrás, no Parque da Cidade. Na época eu não tinha como e nem onde colocar, mesmo agora, meu apto pequeno não comporta. Mas nos planos da minha casa futura, a escultura terá seu lugar na minha cozinha. Espero que até lá o artesão ainda esteja trabalhando… :-)
    Eu também costumo dar nomes aos objetos queridos. Para mim, são como fotos que nos lembram de situações vividas e nos trazem boas energias!
    Um abração!
    Gi

    • Sério, Gi? Você vai colocar uma Adelaide tamanho real na sua cozinha??? Mor-ri! rsrs Que lindo que vai ficar!!!! Você tem o contato do artesão??
      A idéia das 52 semanas é bem legal, né? Me avisa quando começar a postar a sua, pra eu acompanhar?
      Beijos!

  • Gi

    Então, infelizmente não tenho não… Mas sei que está sempre lá no Parque da Cidade. Assim que der, vou passar lá novamente.
    A “minha Adelaide” não segurava um Chiquinho, mas sim uma bandeja, que eu pretendo que vire uma fruteira (ou floreira, pois se eu vir a ter filhotes, pretendo que as frutas fiquem ao alcance). Tipo essa aqui, mas em tamanho natural :-) Preciso só convencer o maridinho a deixar um espaço pra ela no projeto da cozinha.

    Comecei minhas 52 semanas aqui e estou adorando! Realmente as nossa coisas queridas falam por nós.
    Um beijão! Pra você e pra Adelaide!

%d blogueiros gostam disto: