Doze dicas é uma outra coluna que eu iniciei ainda na versão em inglês e que, por conta das mudanças, acabei deixando adormecer. Entretanto, hoje é o dia da retomada, então, pra você que perdeu o primeiro post lá atrás, a idéia é todo mês, dar uma dica daquelas super simples, mas que deixam sua casa uma delícinha de ver e viver.

Como ainda estamos em janeiro, resolvi recomeçar do começo, rsrs, logo, até dezembro, serão 12 dicas postadas e colocadas em prática. Então, se entre suas resoluções de Ano Novo está “dar um jeito no seu doce lar”, a hora é essa! Vem comigo :)

Dica 1:

Pra começar o ano, a dica é bem simples e cheia de vida: trazer o verde-vivo pra dentro de casa.

Eu sou completamente apaixonada por plantinhas, elas enchem a casa de vida. Toda semana tem flores novas aqui em casa, sem falar das minhas plantinhas permanentes, que eu cuido com muito carinho. A idéia este ano é aumentar o verde-que-te-quero-verde, não só pra deixar a casa mais aconchegante, mas também pra dar aquela purificada básica no ar. Sim, sim, sim, essas belezinhas não só decoram, mas tornam o ambiente muito mais saudável.

Quer saber que plantas trazer pra dentro de casa? Vou te mostrar algumas das minhas preferidas, anota aí ;)

O Lírio da Paz

Se bem cuidado, ele dura mais que dez anos, acredita? Precisa de pouquíssima ventilação e vive feliz da vida à sombra, sua única exigência é água. Eu rego os meus de uma a duas vezes na semana com bastante água, mas você pode optar por regar os seus um pouquinho diariamente. O Lírio da Paz tem as folhas verde-escuras e a flor branquinha, fica um charme numa mesinha lateral próxima ao sofá, ou mesmo na mesa de centro. Além disso, é do tipo super despoluidora: elimina o tricloroetileno, o benzeno e o xileno, o formaldeído e o amoníaco. Viu, só, nem somente a enfeitar vivem os lírios da paz ;)

Ráfis

Esse será minha próxima aquisição :). Se você tem espaço em casa, vale a pena investir num desses.  O Ráfis cresce bastante e nem precisa de muita luz pra isso. Absorve, o formaldeído, o xileno e o amoníaco dos detergentes.

Foto via Achados de Decoração

Clorófito

De folhagem verde e branca, é excelente pra ambientes com aquecimento pela queima de gás (banheiros e cozinhas) ou madeira (lareiras). Aborve, o monóxido de carbono, o benzeno, o tolueno, o xileno e o formaldeído.

Palmeira-Bambu

Está entre as minhas prediletas, é muito lindinha, super fácil de cuidar e tem o plus de deixar os ambientes mais úmidos. Fora isso, também está no rol das plantas que removem benzeno, formaldeído. Tem um cantinho que recebe bastante luz solar? Põe uma Palmeira-Bambú na sua casa ;)

Fotos via Houston Interior Plants e Jardinaria

Samambaia

Gente, muito embora ainda não tenha uma em casa, essa daí é a minha preferida! Talvez porque eu tenha crescido com uma chorona linda derramando sua “cabeleira” estante a baixo e tenha tido tantas outras a enfeitar a varanda e até a área de serviço. O fato é que sou apaixonada por samambaias. Pra mim, elas tem um Brazilian appeal, sei lá.

O chato da samambaia cultivada dentro de casa é que ela requer um pouco mais de atenção. Devem ser regadas frequentemente, pra que suas folhas não fiquem marrons e caiam (e, gente, ninguém merece ficar catando folhinha de samambaia!). Mas fora isso, elas são excelentes na remoção de poluentes do ar e na umidificação do mesmo. Ficam lin-das quando sob luz solar indireta e moderada.

Foto via Revista Casa e Jardim

Foto via Sarita Ávila

Agora, como HomeSweetener também é cultura, rs…

Você sabia…

que as samambaias são provavelmente o grupo de plantas mais antigo do mundo? Sério! Muitas foram encontradas em fósseis datados da era pré-histórica (ohhhhhh!).

Tá bom, depois dessa must know cultura inútil, vou embora. Mas ó, eu volto, tá? ;)

Fonte: English Gardens

 

 
%d bloggers like this: