Continuando a apresentação das minhas casas passadas, é chegada a vez da nossa casinha de vila na linda e doce Brighton, que foi nossa primeira morada oficial na terra do Canguru. Digo oficial, porque nosso primeiro mês passamos num apê de quarto e sala em Elwood, bairro fronteiro… mas esta não conta como casa, estava mais pra hotel – casa é onde a gente estampa um pouco da gente, não é mesmo? :)

Pois bem…

casa3

Nossa casinha era pequenina, eram dois quartos modestos, um banheiro apenas (!) , sala de estar, de jantar, cozinha e lavanderia. Tinha também um quintalzinho gostoso, onde rolava uns churrasquinhos espertos. Uma árove bem grande para onde as maritacas vinham em bandos, e também os corvos gritalhões. Esta casa da década de 50 era super bem iluminada, tinha um piso original lindo. Apesar de pequetita, comportava com perfeição nossa pequena família.
Os móveis (ninja) que compramos pra esta casa nos acompanham até hoje (infelizmente, rsrsrs).

As fotos são de péssima qualidade, mas vamo que vamo ;)

entrada

Este era nosso mini-hall de entrada – se é que assim pode-se chamar, rsrsr. A porta que aparece na foto é do coat closet (toda casa deveria ter um!). Aqui tínhamos um mix de peça que trouxemos com a gente de Bloomington, objetos do Brasil e novas aquisições da Ikea.

sala

como disse, a casa era pequena, do hall de entrada já dava pra ver tudinho, rsrs. Nesta casa, a área que eu mais gostava era a de jantar. A landlord boazinha, deixou que colocássemos nossos quadros na parede – fiquei tão feliz! :)

sala2

Tudo meio improvisado: juntando as peças para tentar criar nossa casinha com um orçamento espremidinho, afinal, quem muda de casa todo ano não pode investir em móveis definitivos…

DSC_2138

a cortina veio da Pier 1 de Bloomington, assim como a bandeja de pé lá atrás. O resto veio da Ikea mesmo…

sala3

Notaram que a Adelaide tá ali bem em cima da lareira? :)

DSC_2112

nos quadros, grande parte das fotos foi tirada com máquina de filme, do tempo que eu fiz um curso de darkroom lá em Bloomington: ou seja, fotografadas e reveladas por mim – um chiquerê :P

quarto vivi

o quartinho do Vivi era beeem pequetitinho, mas beeee coloridinho

DSC_2088

Alguns brinquedos espalhados, outros escondidos e trancados no armário, porque se liberasse tudo, não caberia mais ninguém no quarto :O|

quarto vivi

Tudo bem miniatura pra caber no quartinho: caminha, mesinha, espelhinho… tudo inho :)

DSC_4348

O dono do quarto – no tempo em que ele ainda era filho único

natal

Eu e Vivi montando nossa primeira arvorinha de Natal :)

trem

Voltando à vida civilizada :) – indo de trem (até porque a gente ainda não tinha carro, rsrs)

maritacas

As maritacas na árvore do nosso quintalzinho – barulhinho bom :)

casa vazia

No dia da mudança: DIY na veia!!

rua

passeando pela vizinhança

quintal

um pedacinho do nosso quintal, ainda vazio

brighton

as famosas casinhas na praia de Brighton – era praticamente no quintal de casa (ai que saudade)

praia

tava sol, mas tava frio – indo à praia de roupa (homenagem aos amigos paulistas, rsrs)

DSC_4444

Menino grande e menino pequeno jogando bola (devidamente uniformizados) no quintal de casa – sabem do que eu não sinto saudade?? De cortar esse mato todo aí! rsrs

familia crescente

Pra fechar, uma foto da família, então crescente, em frente a nossa primeira casinha australiana – preciso falar que bateu uma saudadinha do Vivi pequenino e do Nick na barriga? Ai como eu queria o terceirinho…

Infelizmente não tenho fotos do meu quarto, mas acreditem, não havia nada de especial. Só o básico mesmo (a mesma cama, as mesmas mesinhas – estas nos acompanham desde Bloomington). O sofá amarelo hoje está um tanto desbotado e também danificado, não pelo tempo, mas pelos meninos arteiros – fazer o que? Trocar somente quando o menorzinho deixar de ser destruidor (em um ou dois anos, talvez?)…

Fico olhando pras fotos e pensando “caracoles, como a gente acumula coisas!!” Hoje jamais conseguiríamos encaixar tudo o que colecionamos ao longo desses quase 5 anos de Austrália numa casinha como esta de Brighton.

“Minhas Casas Passadas” não termina por aqui… ainda teremos mais um post, antes que eu apresente oficialmente pra vocês minha casa atual :) Então, você que curte bisbilhotar casas alheias, fique ligado ;)

0_homesweetener-no-face

 

 
  • Fernanda Holthauzen

    Super legal ver suas casas passadas, Erica. Cheio de personalidade seu sofá amarelo. O quartinho do Vivi também era uma graça. Beijos da Nanda

  • mariannarh

    Amei! Pode ser pequeno, básico e prático, mas principalmente e puro amor e aconchego! E bom gosto também :-)

    Beijocas querida!

  • Karen RZ

    Que caminha mais linda a do Vivi!
    Eu acho que essa série é pra deixar a gente com mais expectativa pra conhecer a morada atual, né? Porque a gente vai se aperfeiçoando com o tempo, então imagino só a lindeza que vc vai mostrar… Ansiosa!

  • Fernanda Dutra

    Erica, não importa onde, nem o tamanho. O que vale mesmo é quem está dentro da casa. Parabéns você manda super bem e dá para trabalhar como arquiteta, rs!!!!!

  • Valéria

    Olá Erica, estou aqui passeando ( e me deliciando) por suas casas passadas, não há nada como xereta casas da vida real. Nunca me vi nesse barco de mudanças, porque desde que casei há 23 anos, só morei em 2 casas e na mesma cidade! Esse sofá amarelo é (ou era) um show! nada como uma peça protagonista num ambiente! Vou continuar meu passeio virtual, talvez chegue à casa atual….BJ

    • http://homesweetener.com Erica

      Nossa! 23 anos em duas casas? Me pergunto se chegarei a passar 5 anos na mesma casa… Quem sabe quando finalmente comprar uma, né? rsrsr
      Ainda não postei fotos da casa atual e do jeito que ela muda o tempo todo, talvez nem consiga. Mas no dia em que finalmente conseguir começar a decorar minha tão sonhada casa própria, este blog tomará um novo rumo, rs
      Quanto ao sofá amarelo, ainda é o mesmo! Nem tão amarelo entretanto, tantas foram as lavadas.
      Adorei sua visita :)
      Beijos

%d bloggers like this: